Gestação saudável: quais nutrientes incluir na dieta?

Gestação saudável: quais nutrientes incluir na dieta?

Uma alimentação adequada é essencial para uma gravidez tranquila e para o desenvolvimento do bebê

Gestação saudável: quais nutrientes incluir na dieta?

Médicos ao redor do mundo apontam que um estilo de vida saudável e alimentação balanceada devem ser adotados por todas as pessoas. Durante a gravidez, período importante para o desenvolvimento do bebê e para a saúde da mãe, essa recomendação é ainda mais necessária. Um artigo publicado pela Academy of Nutrition and Dietetics sobre as escolhas para uma gestação saudável relacionou alguns dos nutrientes imprescindíveis durante a gravidez. Descubra quais são:

Ácido fólico

Nutriente importante não apenas para grávidas, mas também para quem quer engravidar, por possuir propriedades de prevenção contra a má-formação do bebê, principalmente defeitos do tubo neural (DTN).

Ferro

Nos dois primeiros trimestres da gravidez, o ferro ajuda a evitar o trabalho de parto prematuro e o baixo peso do recém-nascido, além de diminuir o risco de anemia.

Vitamina D

Os especialistas ainda estão avaliando os efeitos da vitamina D na gestação, mas novos estudos indicam que, além de ser benéfica para a saúde óssea de mães e bebês, a suplementação com vitamina D tende a reduzir o risco de pré-eclâmpsia.

Colina

Este nutriente pode ser encontrado no ovo e auxilia no desenvolvimento cerebral da criança. A nutrição adequada, desde o início da vida, é fundamental para o desenvolvimento e funcionamento do organismo como um todo.

Iodo

Durante a gravidez, as necessidades de iodo no corpo aumentam. O iodo é necessário para o desenvolvimento e para o crescimento normal do feto.

O acompanhamento de médicos e nutricionistas é essencial para garantir a nutrição adequada para grávidas, portanto, busque sempre a orientação de profissionais de saúde.

Referências

Position of the Academy of Nutrition and Dietetics: Nutrition and Lifestyle for a Healthy Pregnancy Outcome. J Acad Nutr Diet. 2014;114:1099-1103.

LEIA TAMBÉM

Nutrieconomia: os benefícios do investimento na primeira infância

Imagine dois países: no país 1, os investimentos na infância são altos e as crianças crescem saudáveis em todos os sentidos.

Ver mais

Amamentação previne obesidade infantil

Cerca de 41 milhões de crianças menores de cinco anos estão acima do peso no mundo todo.

Ver mais

Amamentação em público é um direito: projeto prevê multa a quem proibir prática

Projeto em tramitação no Senado prevê multa de R$ 440 mil a estabelecimentos que proibirem mães de amamentar; cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre já penalizam esse tipo de ação

Ver mais

Nós usamos cookies para operacionalizar o site e melhorar cada vez mais sua experiência de navegação. Para mais informações acesse a Política de cookies | Política de privacidade.

Prosseguir